Cheesecake.

Nunca menospreze o potencial de um cozinheiro irritado. Sim, isso mesmo!
Eu sei que vocês já devem ter escutado que cozinheiros revoltados fazem coisas no mínimo esdrúxulas com a comida de clientes chatos. Acredite, isso acontece com bastante frequência, e provavelmente você já deve ter sido alvo dessa classe de cozinheiros.

Uma das grandes causas é a falta de valorização da profissão, pois o cozinheiro não ganha bem, trabalha como um escravo, raramente escuta um elogio – e quando escuta é de alguém elogiando o chef -, quase não tem vida social, não tem um sindicato pra chamar de seu e reivindicar os seus direitos, geralmente se alimenta mal e por aí vai.
Tudo gera uma ambiente muito propício a “travessuras”, se é que posso chamar assim.
Certa vez, enquanto fazia um evento com outros cozinheiros, o chef não estava presente, iria chegar um pouco mais tarde. Enquanto isso, nós, os cozinheiros, iríamos adiantando o trabalho e começando os serviços. Neste dia, outra pessoa de liderança estava presente e fazia a mediação entre a cozinha e os clientes.

Nós na cozinha nos esforçamos para fazer tudo com excelência, e no decorrer do serviço o cliente responsável pelo evento veio à cozinha elogiar a comida e o ótimo trabalho executado por nós.

Ficamos satisfeitos, pois estávamos por conta própria nesse dia, pelo menos na etapa inicial. Mas, alegria de cozinheiro não dura muito tempo: a pessoa responsável virou para o cliente e disse: “Você sabe, é o chef”. Ela enalteceu uma pessoa que não estava no local. Não que o chef não merecesse o elogio, mas nós preparamos tudo e executamos de forma correta, não custava dizer também: “Você sabe, a equipe do chef é muito boa”.

Ainda bem que muitas das vezes o amor pelo que fazemos e o trabalho em equipe nos sustentam e podemos prosseguir com o que nascemos pra fazer: transmitir amor, cultura e respeito através do alimento.

Vida longa aos cozinheiros de verdade!

 

 

Cheesecake.

 

 

Ingredientes:

 

Base.

  • 280g de Biscoito Cream Cracker*.
  • 113g de Açúcar Mascavo.
  • 170g de Manteiga, derretida.

 

Base.

 

Modo de Preparo:

 

  • Processe o biscoito, o açúcar e a manteiga no processador de alimentos, até ficarem farelentos, em cerca de 5 minutos.
  • A base está pronta para ser comprida na forma, e depois assada.
  • Asse em 180 *C até ficar ligeiramente dourada.

*Caso queira uma torta mais doce, podem ser utilizados biscoitos maisena ou maria.

 

 

Ingredientes:

 

Cheesecake.

  • 800g de Cream Cheese.
  • 250g de Açúcar.
  • 3 Ovos.
  • 2 Gemas.
  • 100 ml de Extrato de Baunilha.
  • Pitada de Sal.

 

Cheesecake.

 

Modo de Preparo Cheesecake:

 

  • Unte uma forma de 20 cm de diâmetro, com fundo removível ou aros.
  • Pressione uma parte da mistura base igualmente, no fundo da forma.
  • Combine o cream cheese, o açúcar e o sal e bata em velocidade média com o batedor apropriado, raspando a tigela ocasionalmente, até que a mistura esteja completamente homogênea, em cerca de 3 minutos.
  • Bata os ovos e as gemas juntos. Adicione os ovos à mistura de cream cheese em 4 vezes, misturando até que esteja completamente incorporado depois de cada adição, e raspando a tigela se necessário.
  • Adicione o creme e a baunilha e bata até que estejam inteiramente incorporados.
  • Coloque a mistura mole na forma preparada. Bata delicadamente as formas para eliminar qualquer bolha de ar.
  • Asse em banho-maria a 163 *C, até que o centro do cheesecake esteja sólido, num tempo entre 75 à  85 minutos. Use plástico filme em torno da forma para não entrar água.
  • Esfrie o cheesecake completamente na forma. Embrulhe com plástico ainda na forma, e deixe na geladeira a noite inteira, para ficar inteiramente sólido.
  • Para desinformar, aplique o calor delicado de uma chama viva ao fundo e nos lados de cada forma. Corra uma faca em torno dos lados da forma. Se necessário, coloque um círculo de plástico por cima, vire a forma e bata no fundo para soltar o cheesecake.
  • Coloque sobre um prato. Cubra com geléia de frutas que queira.
  • Sirva gelada.

 

 

Quando fizer, nos marca na foto e utiliza a tag #pdsblog e me diz o que achou na sua casa.

Não esqueçam também de comentar e compartilhar nas redes sociais, isso faz uma grande diferença!

Até a próxima.
 
Meu email: [email protected]

Instagram: @pdsblog

Gostou deste post?

Que tal receber conteúdo como este diretamente em seu email?

Você pode gostar também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *