Canelone de Presunto e Queijo.

Eu já tinha lido em livros sobre o lado negro da cozinha profissional. A cozinha profissional é surpreendente, mas também pode ser bastante perigosa. Já vi grandes profissionais terem problemas leves com bebidas e drogas, mas nunca de forma tão prejudicial.
Recentemente, tive contato com um colega de profissão que tinha sérios problemas com bebidas. Vou apelidá-lo de “Show”. Show morava sozinho, não tinha filhos e não fazia comida em casa – estava sem comprar gás há três meses. Ele comia apenas no trabalho. Certa vez, perguntei pra ele como tinham sido suas férias, logo quando voltou a trabalhar. E ele me respondeu assim: “Quase morri nas férias, não comia quase nada em casa”.

Fiquei surpreso com o que ele disse. Show tinha problemas quando não estava no trabalho. Era um bom profissional e atuava na posição mais baixa da hierarquia na cozinha, trabalhando com a lavagem de louças. Por ter um bom desempenho no trabalho, estava sendo observado e cogitado para outra função. Show seria promovido. Sempre que dava eu o aconselhava sobre seu estilo de vida, mas, assim como em qualquer outro restaurante, os cozinheiros de linha devem se esforçar pra manter a sua posição, pois são cobrados constantemente.

Alguns dias se passaram e tivemos de fazer um exame de saúde no trabalho. Todos tiveram de aferir a pressão e responder algumas perguntas para o doutor. Na vez de Show, o médico ficou surpreso em como o funcionário estava de pé. A pressão dele estava altíssima, e o médico o advertiu a parar de beber urgentemente ou o pior poderia lhe acontecer. Assustado, Show disse que iria parar. Por um tempo não ouvi Show falar de bebida. Imaginei que as coisas fossem dar certo pra ele dali em diante.

Poucos meses depois, ao chegar no trabalho, percebi o clima tenso na cozinha. Antes mesmo de começar meu serviço fui informado que Show tinha sofrido um acidente. Ele tinha caído da escada e batido a cabeça, o que causou traumatismo craniano. Como Show morava sozinho, ele demorou a ser socorrido, o que agravou ainda mais a situação. Resumindo: Show ficou internado e os médicos fizeram o possível. Mas, infelizmente, ele teve morte cerebral.
Foi a primeira vez que lidei com a perda – em questão de vida – de alguém no ambiente de trabalho. Confesso que, por um pequeno momento, vi uma possível reversão na vida de Show, e, até torci por isso, mas a vida em uma cozinha profissional não é fácil. Basta um dia complicado e tudo desanda de vez.

Sei que essa história não condiz com a receita apresentada, mas essa foi uma forma de deixar registrado por aqui minha lembrança a um profissional que tive pouco tempo de convivência, mas que me fez amadurecer e enxergar a cozinha de forma mais cautelosa.


Canelone de Presunto e Queijo.


Ingredientes:

 

  • 500g de Massa de Lasanha.
  • 2 Lts de Tomate Pelado (ou molho de tomate tradicional).
  • 300ml de Água.
  • 300g de Presunto.
  • 300g de Queijo Mussarela.
  • 100g de Queijo Parmesão Ralado.
  • 4 Dentes de Alho Picados.
  • 1/2 Cebola picada.
  • Manteiga para untar.
  • Manjericão à Gosto.
  • Orégano à Gosto.
  • Sal à Gosto.
  • Pimenta do Reino à Gosto.
  • Azeite.

 

 

 

Modo de Preparo:

 

  • Refogue a cebola e o alho com o azeite até dourar levemente.
  • Acrescente o tomate pelado ao refogado, e continue mexendo até desmanchar os pedaços do tomate.
  • Acrescente a água é deixe cozinhar por mais ou menos 10 minutos, ou até que o molho esteja com poucos pedaços.
  • Retire o molho do fogo e junte as ervas, corrija o sal e adicione a pimenta do reino. Reserve.
  • Corte a massa de em pequenos formatos retangulares. Corte o queijo e o presunto de maneira que consiga enrolá-los juntos com a massa.
  • Unte o tabuleiro com a manteiga. Coloque as massas recheadas lado a lado no tabuleiro.
  • Cubra a massa com o molho. Bata o tabuleiro em uma superfície para fazer com que o molho entre por toda a massa.
  • Jogue o queijo parmesão por cima e complete com orégano.
  • Leve ao forno em 180 *C por 15 min.
  • Sirva Imediatamente.

 

Prove, Deguste, Sonhe!

 

Quando fizer, nos marca na foto e utiliza a tag #pdsblog e me diz o que achou na sua casa.

Não esqueçam também de comentar e compartilhar nas redes sociais, isso faz uma grande diferença!

Até a próxima.
 
Meu email: [email protected]

Instagram: @pdsblog

Gostou deste post?

Que tal receber conteúdo como este diretamente em seu email?

Você pode gostar também

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *