Teste PDS Suco de Laranja (caixa)

Talvez o suco mais trivial em restaurantes, lanchonetes e em casa seja o de laranja. Lembro de que sempre achei legal nos filmes e seriados – cultura americana sendo introjetada desde cedo – o café da manhã com suco de laranja acompanhado pelo bacon e ovos, uma combinação que me fazia salivar. Acho que o suco de laranja na primeira refeição do dia talvez seja um padrão cultural quase intocável, fazendo com que sejam cada vez maiores as garrafas da bebida por lá.

Já no Brasil, fico surpreso com o tamanho cada vez mais gigantesco de garrafas de refrigerantes. Os aficionados pela bebida fazem festa, mas tenho visto uma parte significativa de pessoas que começam a ter o hábito de substituir os gigantes engarrafados pelos “pequenos” encaixotados – se é que podemos chamá-los assim, achando estarem consumindo algo mais “natural”.

Os sucos de caixa trazem uma proposta de serem naturais – é o que alguns dizem em seus rótulos -, mas de fato nada substitui os sucos de frutas de verdade. Uma coisa fundamental na hora de comprar o suco de caixa é ler o rótulo do produto. Um refresco de maracujá, por exemplo, pode levar sucos de maçã, laranja, uva, abacaxi e cenoura, além do próprio maracujá na composição, tudo para chegar a coloração e sabor aproximado do original.

Cor, textura, aroma e sabor.

Se o açúcar aparece primeiro que as frutas significa que aquele produto tem mais açúcar do que qualquer outra coisa. Como já vimos em testes anteriores, isso é uma exigência feita às empresas, ou seja, se a embalagem de um suco de abacaxi informar que contém maçã, laranja, uva, abacaxi e maracujá, nesta ordem, quer dizer que a fruta correspondente ao sabor é apenas a quarta em termos de maior concentração.

Logo, fiquemos atentos na hora das compras!

 

Nesse mês escolhemos cinco marcas de suco de laranja em caixa para o teste PDS.

 

As Marcas Escolhidas.

Espero que gostem.

Bella Ischia:

Contém água e suco de laranja concentrado. O produto diz não conter açúcar, conservantes, corantes e nem aromatizantes, com menos tudo isso, ainda foi o mais caro de todos chegando a custar R$ 7,75 no supermercado onde foi comprado. Na prova foi visto que o produto é realmente bem concentrado, chegando a ser aveludado e com leve semelhança a um suco de pêssego, tem sabor forte e retrogosto ruim. Ficou em último lugar na prova.

Porção de 200 ml (1 copo) 90 kcal Sódio 0mg. Não Contém Glúten.

Greenday:

Na composição água, suco concentrado de laranja, açúcar, acidulante: ácido cítrico, antioxidante: ácido ascórbico e aroma natural de laranja. Aroma bem parecido com de laranja, mas na prova, o sabor suave – até demais – e textura aguada fizeram com que perdesse pontos. Custou R$ 4,19 no supermercado. Com tudo ainda garantiu o terceiro lugar. No rótulo diz conter 45,0% de suco de laranja.

Porção de 200 ml (1 copo) 92 kcal, Sódio 0mg. Não Contém Glúten. 

Ades:

Na composição contém água, grãos de soja, açúcar líquido invertido, suco de laranja concentrado, açúcar, maltodextrina, vitaminas C, B3, B6, B2 e B12, E Mineral Zinco, estabilizantes: pectina e goma guar, acidulante: ácido cítrico, aromatizantes, regulador de acidez: ácido málico, corantes: urucum e cúrcuma e edulcorante sucralose. O Aroma lembra muito o de pêssego, a cor de fato lembra a de algo que contém soja. Na boca o sabor de laranja passa longe – talvez por conter tão pouco de laranja, visto que o sabor principal perde em quantidade para o açúcar líquido invertido, grãos de soja etc – e não agrada tanto. Custou R$ 4,19 no supermercado. Dividiu o terceiro lugar com o Greenday com a mesma quantidade de pontos.

Porção de 200 ml (1 copo) 48 Kcal, Sódio 18mg. Não Contém Glúten. 

Su Fresh:

Contém água, suco concentrado de laranja, açúcar, estabilizantes: carboxilmetilcelulose e pectina, antioxidante: ácido ascórbico (vitamina C), acidulante: ácido cítrico e aroma natural de laranja. Com coloração e sabor mais semelhante ao suco, tem aroma de laranja lima que agrada e retrogosto suave. Garantiu o segundo lugar na prova. Custou R$ 3,19 no supermercado.  No rótulo diz conter 40,7% de suco de laranja.

Porção de 200 ml (1 copo) 83 kcal, Sódio 0mg. Não Contém Glúten.

Dell Valle:

Contém água, açúcar, suco concentrado de laranja, suco concentrado de maçã, fibra alimentar (goma acácia), vitamina C, regulador de acidez: ácido cítrico e aroma natural. Coloração mais próxima ao suco de laranja, bom aroma e sabor bem pronunciado devido ao dulçor mais acentuado. Uma observação interessante é que, a empresa se preocupou em destacar que acrescentam suco de maçã para adoçar a bebida, com isso – teoricamente -, seria encontrado menos açúcar na preparação. Sabemos que por lei a lista de ingredientes deve vir na ordem decrescente, ou seja, os itens em maiores quantidades devem vir listados na frente até os em menores quantidades. Mas mesmo com menos açúcar por causa do suco de maçã, ainda vemos o açúcar em maior quantidade que o próprio suco de laranja. Foi destaque da prova, o açúcar e o sódio fizeram seu papel na melhora do sabor fazendo com que a bebida acabasse ficando em primeiro lugar. Custou R$ 4,89 no supermercado. No rótulo diz conter 40,0% de suco de laranja.
Porção de 200 ml (1 copo) 93 kcal, 23mg. Não Contém Glúten.

 

Entenda Melhor a Diferença Entre as Bebidas. (imagem G1)

Não esqueçam de comentar e compartilhar nas redes sociais, isso faz uma grande diferença!
Até a próxima.
Meu email: [email protected]
Instagram: @alanalvespds

Gostou deste post?

Que tal receber conteúdo como este diretamente em seu email?

Você pode gostar também

2 Comentários

    1. Tá virando moda esses sucos por parecerem mais "saudáveis".
      Onde trb os sucos são feitos com polpas tb.
      Aqui em casa, somos adeptos de guaraná natural – apesar de não ter nada de natural, rsrs.
      Obrigado pela visita Rafa.
      Forte Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *