Teste PDS Chocolate ao Leite

 

Uma
delícia para gente de todas as idades, o chocolate ao leite é a face mais
acessível do chocolate. O leite suaviza o amargor e os sabores fortes que podem
ser encontrados em muitos grãos de cacau. O cientista e fundador do British
Museum sir Hans Sloane foi o primeiro a pensar em acrescentar leite na forma
quente às bebidas feitas com chocolate quando viajou para a Jamaica no fim do
século XVII. O chocolate ao leite na forma sólida surgiu em 1879, quando Daniel
Peter acrescentou o leite em pó, invenção recente de Henri Nestlé,  à
manteiga de cacau e os grãos moídos, iniciando uma famosa tradição suiça.O
chocolate ao leite suíço, como o britânico e o norte-americano, tende a ser
muito doce. Na realidade, doce demais para os puristas. Nos últimos anos, existe
uma tendência a favor dos chocolates ao leite muito concentrados.  O
chocolatier francês Valrhona produziu aquele que hoje é reconhecido como um dos
melhores. O Jirava contém 40% de sólidos de cacau, mais do que muitas barras de
chocolate amargo fabricadas para consumo de massa. Bonat, fabricante de
chocolates artesanais na França, e a companhia italiana Slitti já fizeram
experiências com chocolate ao leite com 65% de cacau ou mais.
Além
de tudo isso, o chocolate é muito bom para momentos em que queremos comemorar
ou até mesmo “afogar” as magoas, nada que um bom pedaço de chocolate não “cure”.
Nessa edição do Teste pds contamos com a participação de Lucas Almeida, nosso
editor de textos, que aceitou a difícil missão de degustar os chocolates. Escolhemos 5
marcas conhecidas do mercado e, como sempre, fizemos um teste às cegas, tendo
como os quesitos de avaliação cor, textura, sabor e aroma.
As Cinco Marcas Escolhidas.
Então
tá curioso pra saber um pouco mais? Espero que gostem!
Hershey’s:
Na sua composição contém açúcar, massa de cacau, leite em pó, manteiga de
cacau, permeado de soro de leite em pó, gordura vegetal, gordura anidra de
leite, soro de leite em pó, emulsificantes lecitina de soja e poliglicerol polirricinoleato
e aromatizantes. Não contém Glúten.
Como dito em outros testes, os produtos com menos ingredientes com nomes
complexos serão em grande maioria das vezes os melhores para o consumo, contém um
emulsificante extraído da mamona, ou seja, de origem natural. O produto da Hershey
não agrada muito em sabor, em boca mantém um sabor artificial não agradando
tanto – talvez a falta de glúten tenha influenciado no resultado final -, no
entanto, o produto é o menos calórico entre os selecionados. Ficou em último lugar
na prova. 129kcal, Sódio 23 mg
Garoto:
Contém na composição açúcar, leite em pó integral, manteiga de cacau, gordura
vegetal, lactose, cacau em pó, gordura de manteiga desidratada, emulsificantes lecitina
de soja e poliricinoleato de poliglicerol e aromatizante. Contém Glúten. A marca diz que trás mais cacau na composição, sendo
que, na listagem de ingredientes os que iniciam, continuam sendo o açúcar e o
leite em pó, ou seja, apesar de uma “melhora” o produto continua devendo
bastante. Não satisfazendo tanto a marca ficou em terceiro lugar. 134kcal, Sódio 13mg
Nestlé:
Na composição contém açúcar, leite em pó, manteiga de cacau, liquor de cacau,
gordura vegetal, emulsificantes lecitina de soja e ricinoleato de glicerila e
aromatizante. Contém Glúten. De fato
para os que amam chocolate que derrete na boca essa é a opção certa, a
alteração que a marca fez na composição do produto fazendo que com o mesmo
fique mais palatável fez em contrapartida o chocolate ficar mais calórico em
relação à fórmula anterior. Outra observação encontrada é o ingrediente ricinoleato
de glicerila inserido na composição, que buscamos saber a função exata na
internet e não encontramos com exatidão. E finalizando, a lista de ingredientes
sempre aparece em ordem decrescente, ou seja, o primeiro ingrediente da lista é
sempre o que foi utilizado em maiores quantidades, logo, o produto tem mais
açúcar e gordura que cacau em si – isso talvez justifique o sabor que permanece
por mais tempo na boca. A marca ficou em segundo lugar na prova dividindo a
colocação com a Arcor. 136kcal, Sódio 22
mg
Arcor:
Na composição contém açúcar, manteiga de cacau, massa de cacau, leite integral
em pó, gordura de manteiga desidratada, emulsificantes de soja e ésteres de
ácido ricinoleico interesterificado com poliglicerol e aromatizante. Contém Glúten. O ácido ricinoleico é fabricado
industrialmente, ou seja, não existe se não for criado. A marca consegue ficar
em uma posição significante – segundo lugar – talvez devido à presença maior de
chocolate, mesmo contendo ingredientes de origem preocupante. 133kcal, Sódio 19 mg
Lacta: Contém na composição
açúcar, massa de cacau, manteiga de cacau, leite em pó integral, soro de leite
em pó, gordura vegetal, gordura de manteiga desidratada, emulsificantes
lecitina de soja e poliglicerol polirricinoleato e aromatizante. Contém Glúten. O destaque da degustação
ficando em primeiro lugar. Na listagem de ingredientes também podemos observar
a maior presença de “cacau” na composição. Contendo um emulsificante
extraído da mamona, ou seja, de origem natural o produto não é isento de
ingredientes químicos, mas de certa forma é menos agressivo aos consumidores. 131kcal, Sódio 25 mg

Essa sem dúvida foi a melhor prova que já teve, e o melhor foi ter a participação completa da equipe. Como disse antes o chocolate é ótimo para bons momentos e esse foi um deles. Qual o chocolate que vocês mais curte?
Sementes de Cacau.

Comente e compartilhe com os amigos chocólatras!

 

Não esqueçam de comentar e compartilhar, isso faz uma grande diferença!
Até a próxima.

Meu email é [email protected]

 

Gostou deste post?

Que tal receber conteúdo como este diretamente em seu email?

Você pode gostar também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *